A CAMINHO DOS 500 ANOS – MELANCHTHON

Um dos grandes “leigos” da Reforma – Melanchthon   A Reforma foi realizada somente por Lutero? A história mostra que não. Antes de Lutero há alguns personagens muito importantes, como John Huss, John Wyclif, Jerônimo Savonarola, entre outros. Todos os citados eram também sacerdotes. Mas será que há também algum leigo que se destacou nesse processo? Antes de respondermos a essa pergunta, é conveniente explicar o que significa para nós, luteranos, o termo “leigo” da nossa sigla (LLLB), o segundo “L”. O termo “leigo” vem de Laikós, que quer dizer “do povo”. E, nesse sentido, refere-se aos membros de uma congregação como povo de Deus.Assim, todo pastor é um leigo, mas nem todo leigo é pastor. De uma forma geral, o termo é usado para aquele que não é sacerdote (pastor). Voltando à pergunta, se há algum leigo na Reforma,

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – QUANTAS TESES SERIAM NECESSÁRIAS HOJE?

QUANTAS TESES SERIAM NECESSÁRIAS HOJE?   Homens falíveis e imperfeitos, utilizados pelo Espírito Santo de Deus para resgatar e aprofundar os ensinamentos bíblicos fundamentais. Talvez poderíamos resumir assim, em poucas palavras, a história da Reforma e dos reformadores. Pensar nos acontecimentos do século XVI não é tão simples e fácil. Precisamos cuidar para não endeusar os reformadores nem a Reforma.  Por outro lado, temos um compromisso com a história: o passado, o presente e o futuro. Por isso a necessidade de relembrar e proclamar a Reforma luterana e sua mensagem, que reflete o ensinamento da Palavra de Deus, aos dias de hoje. A natureza humana continua a mesma, submersa em pecado. Os problemas teológicos e espirituais costumam repetir-se na vida da Igreja, de tempos em tempos. Tenho a impressão que se avolumaram e que novas reformas são necessárias.A Igreja e

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – VIAGEM A ROMA E DOUTORADO DE LUTERO

Viagem a Roma e Doutorado de Lutero   Para todo bom católico da época de Lutero, uma viagem a Roma seria algo maravilhoso, seria a grande oportunidade de ver os “santos túmulos” dos apóstolos, bem como conhecer a cidade “mais santa” de toda a cristandade. Para Lutero, essa viagem teve uma grande importância. Mas ao invés de ficar admirado com a “santidade” de Roma, ele inquietou-se com o que estava acontecendo dentro da Igreja daquela época. O motivo da viagem foram questões relativas à Ordem dos Agostinianos. Alguns queriam reformas na Igreja, outros não. Por causa destes apelos, Lutero acompanhou um delegado do mosteiro de Erfurt. Os dois foram a pé, em novembro de 1510. Na viagem, Lutero adoeceu, a água fez-lhe mal, causando-lhe problemas intestinais (DREHER, 2014, p. 57, 58). No fim do ano chegaram a Roma; ao avistar

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – LUTERO COMO MONGE

LUTERO COMO MONGE   A decisão de Lutero de ir para o mosteiro não foi muito bem aceita pelas pessoas que o rodeavam. Quando ele contou aos seus amigos, num primeiro momento não acreditaram, depois tentaram fazê-lo desistir da ideia. Mas ele permaneceu firme em seu propósito e no dia 17 de julho de 1505, Lutero entra no convento dos agostinianos em Erfurt (JUST, 2003, p. 49). Da família, Lutero também não tinha apoio para a decisão. Tempos depois, o pai de Lutero foi visitá-lo no convento e, numa conversa onde outros elogiavam esta decisão, ele afirmou: “Queira Deus que isso não seja um engano ou ilusão diabólica” (JUST, 2003, p.49). Também, em alguns momentos, lembrou-o do quarto mandamento, frisando que não se devia desobedecer à vontade dos pais. Quando Lutero havia recebido o título de mestre em Artes, o

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – MARTINHO LUTERO

MARTINHO LUTERO – Infância e Estudos   Martinho Lutero era filho de Hans Luther (João Lutero), mineiro por profissão, nascido no campo, e Margaretha Luther (Margarida Lutero). Nasceu no dia 10 de novembro de 1483. Lutero veio de uma família em ascensão social. Seu avô era lavrador, seu pai progrediu na área da mineração e se tornou um pequeno empregador. Lutero foi o primeiro da família a tornar-se um acadêmico. No dia após o nascimento (11 de novembro), Martinho foi batizado e recebeu o nome do santo do dia: São Martinho. O sobrenome deriva do nome “Lothar” ou “Lotário”, um dos imperadores alemães medievais, e poderia ser escrito nas variantes “Luder” ou “Lüder”. Somente a partir de 1518 que o reformador passou a assinar “Martinus Eleutherius”, de onde derivou a grafia “Luther”/“Luthero”/“Lutero”. Houve uma mudança do “d” para o “t”

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – JERÔNIMO SAVONAROLA

JERÔNIMO SAVONAROLA   Antes de chegarmos à história de Martinho Lutero, quero convidar você, caro (a) amigo (a), para conhecermos um pouco de um homem chamado Jerônimo Savonarola. Queremos ver como este personagem ajudou a levar pessoas a lembrarem que somos dependentes de Deus. Savonarola nasceu no ano de 1452, em Florença, na Itália. Seu avô paterno era conhecido por sua retidão moral, e isso fez com que Savonarola, ainda jovem, se juntasse à ordem dos Dominicanos. Ele foi mestre de estudos no convento em Bologna. Anos depois, foi convidado pelo senhor da cidade de Florença, Lorenço de Médicis, a voltar para lá e ser professor no convento daquela cidade. Primeiramente fazia preleções sobre as Escrituras no jardim do convento. Mas as pessoas começaram a gostar muito do que ele falava e tiveram que encontrar um lugar com mais espaço;

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – JOHN HUSS

JOHN HUSS   “Prefiro ofendê-los com a verdade do que matá-los com a mentira” A Reforma Luterana do século XVI não aconteceu isoladamente. Outras pessoas (teólogos, pensadores) também procuraram levar a Igreja de então a uma reflexão sobre suas doutrinas e práticas. Os pecados eclesiásticos da época (abuso do poder, ostentação e luxo, venda do perdão dos pecados, compra de cargos eclesiásticos, “politicagens”, etc.), foram combatidos por pessoas escolhidas por Deus. No entanto, o destino de muitos foi parecido: EXCOMUNHÃO, CONDENAÇÃO, MORTE! John Huss nasceu na vila de Husinec, por volta do ano 1370, na Boêmia, onde hoje se localiza a República Tcheca (que faz divisa com a Polônia, Áustria, Alemanha). Apesar de ser oriundo de família humilde, teve uma formação filosófica e teológica na universidade de Praga. Tornou-se professor de teologia em 1398, sendo ordenado padre em 1400. Em 1402,

Continue lendo

A CAMINHO DOS 500 ANOS – JOÃO WYCLIF

JOÃO WYCLIF   Este artigo apresentará um pouco da vida de João Wyclif, que foi um dos precursores da Reforma luterana. Você sabe quem foi este servo de Deus? Vamos conhecer um pouco de sua história. João Wyclif nasceu na Inglaterra, no ano de 1328. Estudou e ensinou na Universidade de Oxford, Inglaterra, durante a maior parte da sua vida. Alcançou rapidamente uma posição de destaque e tinha grande reputação, sendo um grande defensor de reformas dentro da Igreja. Como professor da Universidade de Oxford, ele também era funcionário do rei, de quem recebia proteção, desde que suas opiniões fossem de acordo com as da realeza. Ele não era nem um pouco comedido em suas opiniões. Censurou duramente os abusos que aconteciam dentro da Igreja, condenando os papas e outras autoridades eclesiásticas que tinham obsessão pelo poder e pelo dinheiro.

Continue lendo

A CONFUSÃO RELIGIOSA NA IDADE MÉDIA TARDIA

A confusão religiosa na Idade Média Tardia   Este estudo traz alguns fatos históricos do fim da Idade Média, por isso chamada de Idade Média Tardia. De modo mais geral, designa-se essa parte da história dos anos 1300 a 1500. De modo mais específico, alguns historiadores afirmam que a Idade Média termina em 1453, quando os turcos otomanos tomaram a cidade de Constantinopla. Mas essa discussão não é tão importante para o foco do nosso estudo. Isso é apenas para estarmos situados cronologicamente. Para entender o que aconteceu no final da Idade Média, é importante recapitular alguns acontecimentos anteriores. A Igreja ia crescendo, e, por isso, foi necessário que houvessem mais pregadores em comunidades maiores. Alguns desses pregadores tiveram mais prestígio e foram chamados de bispos. Eram principalmente os bispos de Roma, Jerusalém, Alexandria, Antioquia e Constantinopla que desfrutavam de

Continue lendo

HOMENS DA BÍBLIA – ZACARIAS

ZACARIAS – O pai de João Batista   Você sabia que existem vários Zacarias na Bíblia? Segundo um dos dicionários bíblicos em que pesquisei, são 34 Zacarias diferentes na Bíblia.Mas não se preocupe. Não vamos estudar todos eles nesta edição.Queremos conhecer um pouco mais de perto Zacarias,pai de João Batista. O nome, Zacarias, significa em hebraico “O SENHOR lembrou”. E ao olharmos a história desse homem, isso faz muito sentido. Vamos ver? Zacarias era um sacerdote do grupo dos sacerdotes de Abias. Os sacerdotes do povo de Israel eram divididos em 24 grupos, cada um composto de várias famílias. Ele e sua mulher, Isabel, eram pessoas corretas, que obedeciam fielmente a todas as leis e mandamentos do Senhor (Lc 1.6).Isabel era parenta de Maria de Nazaré, a mãe do Salvador Jesus.O casal morava na região montanhosa da Judéia (Lc 1.39).

Continue lendo
1 2 3