Arquivo da categoria: PALAVRA DO PRESIDENTE

PRIMEIRA CARTA AOS LEIGOS DA IELB

Irmãos leigos,

Esta é a primeira carta nossa dirigida a todos vocês, que na nossa contagem regressiva, é a última. A última como presidente nacional da LLLB e representante do grupo que ora começa a se despedir de todos como grupo diretivo. A última como representante perante a igreja de todos os leigos, reunidos numa organização auxiliar desta igreja. Estaremos logo adiante transmitindo este encargo a um novo grupo. O que fizemos neste período, o deixamos para quem prosseguirá no comando, tudo isto foi acompanhado nestes 24 meses e será recebido pela nova direção.

Nossa organização, que este ano completou 48 anos de criação, adaptou-se a muitas situações neste anos. Hoje estamos mais conscientes de nossa missão junto a IELB. Nosso projeto permanente, trabalho junto ao Seminário para auxiliar na formação de nossos pastores, cada vez mais nos mostra o leque de atividades e necessidades que estão nos desafiando para os próximos dias, meses e anos, não apenas a nossa gestão que hora termina, nem a quem estará logo assumindo por 24 meses, mas a todos nós leigos, agraciados por Deus com o perdão dos pecados e vida eterna, através da morte de Jesus. Precisamos, em associação com a assembleia de professores do Seminário, com a Direção da igreja e com todos, participar, opinar, agir em prol destes que logo, logo estarão em nossas comunidades, em nossas casas e cidades, trabalhando naquilo que foram vocacionadas e formados, nossos pastores. Precisamos parar, conversar, refletir para sempre e novamente direcionarmos nossas atividades e rumos de nosso projeto. Como liderança, e sempre procurando compreender nossa missão e participação, buscando estimular e incluir os leigos com participação, contribuindo com ideias e recursos, vejo hoje quão necessário é nós, leigos e braço forte da igreja, nos mobilizarmos e agirmos. A igreja, como detentora da missão de levar Cristo Para Todos, precisa sempre mais de pastores, para estes, juntamente com todos, trabalhar nesta grande comissão. Precisamos de pastores com formação doutrinária pura e verdadeira, e isto certamente temos, pela excelência de nossos professores atuantes nas cadeiras acadêmicas de nosso Seminário. Precisamos proporcionar esta continuação, que tenham todos as condições de manter e aperfeiçoar tal ensino. Mas precisamos mais, nós, que estamos lá nas congregações, onde estaremos recebendo tais missionários para trabalharmos em conjunto, precisamos participar deste preparo, ainda antes de saírem do seminário. Hoje temos nosso encontro anual com a turma que estará saindo para o estágio, mostrando o que nós, leigos, queremos que eles comecem a ter contato e conhecimento da realidade da vida de nosso povo, de suas necessidades e oportunidades de trabalho para esses. Mas achamos isto pouco, queremos mais, acrescentar a este currículo algumas outras informações para melhor formar. Nós, leigos e congregados, que atuamos lá na base, que acompanhamos o dia a dia de nossa comunidade, queremos apresentar esta realidade aos nossos seminaristas, debater com eles para que saibam e estejam preparados para seu ministério futuro. Queremos a participação também de nossos pastores que estão no trabalho “de campo”, e que com sua experiência possam ajudar nesta formação. Como? Precisamos avançar nesta discussão, primeiramente de forma interna dentro da LLLB, e depois levar adiante para pastores, para professores e para direção da igreja. Estaremos transmitindo tal missão a nossos novos dirigentes, e principalmente, estaremos presentes e dispostos a ativamente ajudar, sob sua liderança, avançar.

Um pedido muito especial a todos os irmãos leigos, tanto aqueles organizados em ligas em suas congregações, ou mesmo aqueles que não participam regularmente de reunião de leigos, e que já foi colocado a toda liderança da igreja: cuidem de nossas crianças, sim, dos pequeninos “… porque destes é o reino de Deus…”, eles são o futuro da igreja, e que logo, logo estarão à frente de muitas atividades, e precisamos formá-los bem para que não se afastem das coisas da igreja e principalmente de Deus. Aqui, no início da vida, fomos e todos serão moldados, como barro bruto que o oleiro trabalha. Ajudem as escolas bíblicas ou dominicais, esta ação sempre terá um resultado magnífico. Apresentem-se como voluntários e ajudantes, se não de outra forma, contribuindo financeiramente para as atividades e materiais a serem usados com os pequeninos. E também lembrar que, deste grupo, no futuro, poderemos estar garimpando vocacionados para o ministério da Palavra.

Por fim, um alerta a todos os leigos e a igreja. Cuidem da missão da igreja, e consequentemente nossa. A grande comissão. Administrem de forma honesta e inteligente, usem seus dons para que os recursos financeiros sejam bem aplicados, não fujam dos objetivos desta. Para quem administra, cuidado com as vontades humanas, com as vaidades. Sejamos humildes, e usemos os recursos para o bem da missão. Deus quer servidores e filhos fiéis, a serviço do seu Reino. Individualmente cada um tenha seu “livre arbítrio” mas na condução da igreja seja para o crescimento na fé de nossos irmãos e levar Cristo Para Todos. Para quem é membro desta igreja, não se exclua nem se afaste também das coisas administrativas, todos temos nosso quinhão e nossas vocações para ajudar. Estejamos atentos e participativos, é nosso dever.

Amigos, estaremos logo, logo juntos em grande confraternização, em conjunto de louvor e agradecimento, de testemunho, e então poderemos discutir sobre estes e outros assuntos. Vamos ser produtivos, respondendo ao amor de Deus.

Um grande abraço, incapaz de demonstrar o tamanho da satisfação de ter sido, junto com o grupo da diretoria, a liderança da LLLB neste biênio que hora termina.

Samuel Antonio Neugebauer, Presidente

SEGUNDA CARTA AOS LEIGOS DA IELB

Olá irmãos,

Na nossa contagem regressiva, está sendo a segunda carta, significa que teremos mais uma somente, a primeira e também será a última. Queremos aqui ainda convidar e estimular todos os leigos da IELB a vir a Pelotas no nosso Congresso Nacional em agosto, estamos preparando um grande Congresso e esperamos todos para este encontro. Qualquer dúvida e necessidade entre em contato conosco por alguns dos meios que temos a disposição para isto (e-mail, telefone, whatsapp, etc), estamos aqui para auxiliar.

Mas queremos usar esta segunda ou penúltima carta para começarmos nossa despedida desta gestão, pois como sempre dissemos, “estamos” diretoria, e esta condição é temporária, pois a partir do próximo Congresso outro grupo de irmãos leigos estarão começando uma nova gestão. Queremos lembrar o XIX Congresso Nacional em Guarapari/ES, onde fomos eleitos e empossados, Congresso este que foi conduzido pelos irmãos capixabas em meio a comoção pela perda do Presidente Luiz que Deus chamou a poucas semanas do evento, sendo dirigido pelos outros irmãos da diretoria. Grande encontro, com um saldo positivo e com lembranças positivas. A partir daí tivemos muitos encontros em Congressos Distritais, Conselho Diretor, reunião dos Departamentos do CD, visitas a Congregações e Ligas, além de reunião com a Diretoria Nacional da IELB e do Seminário, participação no Congresso da Servas e dos Jovens.

Toda esta inter relação com tantos eventos, com viagens e encontro com incontáveis irmãos durante este período, e que está chegando ao fim, já nos trazem saudades. Sempre que participamos de qualquer encontro por menor que seja até eventos com numerosa participação, com membros de direção da Igreja ou de qualquer organização desta, em qualquer conversa com irmãos, a maioria pessoas que pela primeira vez nos encontramos ou são velhos e conhecidos “ielbianos”, leigos, servas, jovens, nos enche o coração de alegria e até emoção. Seja falando ou ouvindo, sempre sentimo-nos “energizados” por estes até breves contatos. Somente quem já se dispôs a este trabalho de liderança e teve a oportunidade de participar e conviver com as situações acima descrita, entenderá o que sentimos.

Para aqueles irmãos que nos hospedaram, alguns nas suas próprias casa, abrindo a nós aquele local de convivência intima de sua família, para ali descansarmos, as vezes de longas viagens, queremos deixar uma lembrança e um agradecimento especial, vocês nunca serão esquecidos. A todos os pastores que nos receberam, muitas vezes fazendo um trabalho de interligação dos leigos de sua congregação ou distrito conosco da Diretoria Nacional, com associação no estimulo ao trabalho leigo, a estes pastores também nossa lembrança especial, e o agradecimento a Deus que colocou em sua Igreja pessoas vocacionadas para liderar seus filhos, pastorear suas ovelhas. Muitas vezes ouvimos informações de que alguns pastores não estimulam, não são entusiastas das organizações dos leigos (as ligas) em suas comunidades, porém devo relatar que, neste período em que estivemos a frente da LLLB, em nenhum momento tivemos abordagem de qualquer um neste sentido. Até acredito que sim possa ter alguns com pensamento e descrédito ao trabalho leigo na forma de organização, mas, se existirem, não tivemos oportunidade de encontrá-los e conhecê-los para conversar e ouvir suas ideias e ponderações e apresentarmos nosso trabalho e considerações.

Esperamos que neste período de dois anos possamos ter alcançado a expectativa de todos, naquilo que esperavam desta gestão, e principalmente que nossa atividade tenha sido agradável a Deus, e prospera para a glória e propagação de Seu Reino, porque em nada seria proveitoso se em algum momento esquecemos que tudo está a Ele dirigido e dedicado, e que sem a Sua ação, de Deus Espírito Santo, em vão estaríamos trabalhando.

Agora, de nossa parte, é terminar o trabalho para nosso encontro nacional, atender a todos naquilo que necessitam para aqui compareço e no que pudermos, e estar, no dia 17 de agosto, de braços abertos para um grande e fraternal abraço em todos os irmãos e irmãs. Que Deus esteja com todos nós hoje e sempre.

Samuel Antonio Neugebauer,

Presidente

 

TERCEIRA CARTA AOS LEIGOS DA IELB

    TERCEIRA CARTA AOS LEIGOS DA IELB      

Irmãos e irmãs da IELB, leiam com carinho e atenção está nossa mensagem e que Deus toque vossos corações no entendimento da mensagem que queremos passar.

“Bem vindos irmãos e irmãs ao XXII CONGRESSO NACIONAL DA LIGA DE LEIGOS LUTERANOS DO BRASIL, estamos em Pelotas, sul do Rio Grande do Sul. Que bom termos vocês todos aqui, para juntos louvarmos a Deus, testemunharmos nossa fé recebida através do Espírito Santo, Deus Consolador. Bem vindos a terra onde começou nossa igreja, através da persistência de um grupo de imigrantes prussianos que aqui tinham se estabelecido, e pelo espírito missionário de um Sínodo Luterano do outro extremo da América. Deste encontro de um pastor e de um leigo, herdamos esta igreja que hoje, espiritualmente mantém-nos fiéis, graças a manutenção por este mesmo Deus Espírito Santo e que com muita responsabilidade humana precisamos administrá-la.

Graças a tudo isto que Deus proporcionou, em seus desígnios nem sempre por nós entendidos, também somos herdeiros da reforma da igreja, quando esta palavra sagrada foi reconduzida a sua verdade, por aquilo que chamamos de Reforma Luterana, em alusão a Martinho Lutero. História muito bem conhecida por todos nós, cujo principal autor nem aceitava o uso de seu nome a identificar a quem o ouvia e seguia, mas sim, somos todos filhos de Deus Pai, Criador, herdeiros da salvação oferecida e paga por Deus Filho Cristo Redentor, e mantidos por Deus Espírito Santo. Não três deuses mas um só. Consolo e certeza para nós, loucura para os que se perdem.

Ouvir, meditar, aprender: queremos lembrar das redescobertas de Lutero, onde encontrou o consolo para sua angústia e desespero de pecador. Justificação por fé. Também ouvir aquilo que Deus tem preparado para nós e de nós espera, apoiados pelo Espírito Santo, Deus Consolador, que Ele nos enviou para nos acompanhar até sua próxima vinda. Pastor Erni e Pastor Tardeli foram os convidados para nos trazer a palavra. Queremos escutar a experiência do Pastor Benjamim sobre como trabalhar como leigos na igreja e a mensagem do Pastor Egon Kopereck sobre esta herança bendita.

Além disso precisamos confraternizar, conversar, abraçar, amigos, irmãos, num sentimento de amizade, fraternidade e isto é agradável a Deus. Esta será uma grande oportunidade.  Aqui estamos, entusiasmados e esperançosos, de, como hospedeiros de todos irmãos em nosso pedaço de chão que Deus nos deu para administrar, felizes e já saudosos, pois temos certeza que levarão muitas e saborosas lembranças. Valerá muito, mesmo com algumas dificuldades e mazelas que podem acontecer, mais vale um abraço suado, um sorriso molhado, um encontro feliz talvez com chuva e frio, mas com o coração aquecido pelo amor que nos une, pelo amor que ele teve primeiro por todos nós. Queremos olhar bem nos olhos de cada congressista e dizer, ‘muito obrigado por estares aqui e muito prazer em recebê-lo em nossa casa’. 

Ao ires embora, no final do encontro, talvez com algum cansaço físico, algumas roupas molhadas, algum barro no sapato, mas temos certeza, com o espirito renovado, feliz e exultante. E lembrarão destes momentos todos com alegria e saudade, e revendo as fotos lembrarão com carinho destes momentos. Deus isto nos proporciona, não duvide disto.”

Que ao ler esta carta, a terceira na contagem regressiva, tenho certeza que muitos irmãos que ainda não decidiram pela vinda ao congresso mudarão de ideia, sim, ainda é possível, e estamos aqui para ajudá-los. Certamente quem prefere mais conforto e turismo secular, não pelo custo, mas pelo agrado a si, bem, este estará sendo agraciado em muitos outros momentos da vida, mas perderá esta oportunidade única. Um congresso para quem quer vir, para isto estamos trabalhando e esperamos vocês. Desde já um grande e fraternal abraço de quem hoje Deus permite ser Diretoria Nacional da LLLB para servir na sua igreja. Até agosto, aqui em Pelotas.

Samuel Antonio Neugebauer, Presidente

 

QUARTA CARTA DA PRESIDÊNCIA AOS LEIGOS DA LLLB

Olá irmãos leigos, irmãs servas e jovens, falo aqui em nome da Liga de Leigos Luteranos do Brasil.

Que a paz de Deus esteja com todos vocês.

Nosso congresso será em Pelotas, sul do Rio Grande do Sul, no período de 17 a 20 de agosto deste ano.

Estamos preparando com todo cuidado, dedicação e amor, para que este congresso alcance com êxito seu objetivo, não para nossa satisfação, mas para o engrandecimento e louvor a nosso Deus.

2017 representa para todos nós luteranos um ano festivo pelas comemorações dos 500 anos da Reforma, todos nós sabemos sua importância. Mas em especial para os leigos, representa a oportunidade de transformarmos nosso congresso em parte destas comemorações.

Por quê Pelotas? Não vamos recapitular aqui toda história do início da IELB, lá no passado de 1900, mas vamos lembrar que ainda temos aqui toda esta história viva e bem presente.

Colônia São Pedro, hoje município de Morro Redondo, onde August Gowert recebeu o pastor Broders, na Congregação São João, congregação que se formou pela manutenção na fé de um grupo de colonos imigrantes e que aceitou este pastor como representante de um sínodo luterano confessional verdadeiro e que se mantém ativa até hoje. Ali nasceu a IELB.

Aqui temos o histórico templo, junto com parte do prédio onde habitaram alguns pastores, o cemitério onde está sepultado August Gowert e outros irmãos que fazem parte desta história, tudo isto estaremos visitando, celebrando, louvando e agradecendo a Deus.

Para quem ainda não conhece este local, será uma grande e imperdível oportunidade, a pequena, mas ativa Congregação São João está feliz em receber todos os congressistas.

Precisa outro motivo para estar juntos neste congresso?!

A realização aqui em Pelotas nos traz problemas de logística, pois não temos um espaço onde poderíamos acolher todo o congresso, com todas as atividades do evento, inclusive a hospedagem. Mas nos perguntamos, e transferimos esta pergunta todos: não vale a pena alguma dificuldade a mais para podermos nos reunir e celebrar tais eventos juntos, unidos, em locais tão importantes para nossa igreja no Brasil?

Temos certeza que sim e quem conosco participar, jamais esquecerá.

Nossa programação, começará na quinta à noite com um momento especial com liturgia das vésperas e cerimônia civil de abertura do congresso.

Na sexta de manhã, destacamos a palestra do pastor Erni Seibert, “A justificação pela fé”. No sábado de manhã, a palestra do pastor Tardelli, sob o tema “Santificação”.

Este tema bíblico para estudo e palestras, obviamente escolhido, tem tudo a ver com nosso ano festivo. Lembrar da reforma e estudar aquilo que ela representou na divulgação da doutrina da cruz e do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

Nas tardes de sexta e sábado serão realizados momentos de encontro na Colônia São Pedro, junto a congregação São João, com a participação muito especial de nosso pastor presidente Egon Kopereck, nascido nesta localidade.

Para estas tardes também sugerimos cinco outras opções:

– City Tour: em Pelotas, cidade histórica e que nós luteranos fizemos parte.

– No mesmo local do congresso, exibição de filmes relacionados a reforma e a vida do reformador.

– Outra sugestão, uma a visitação a Congregação São João de Bom Jesus, interior de São Lourenço do Sul, onde foi fundado nosso Seminário em 1903. Lá existe um pequeno museu, sediado no prédio que serviu de residência ao pastor Hartmaister, professor e primeiro diretor. A congregação estará lá para recepcionar os visitantes.

Lembrando que este museu surgiu a partir das comemorações dos 100 anos do Seminário em conjunto com o XVI Congresso da LLLB em 2003.

Outras opções:

– conhecer a também histórica cidade de Rio Grande e a praia do Cassino, maior praia do mundo em extensão.

– ou ainda visitar a fronteira do Brasil com o Uruguai, distante 130 km de Pelotas e que possui vários free shop para quem gosta de compras.

As noites de nosso congresso serão preenchidas com grandes e importantes atividades, não poderia ser diferente. Teremos um momento especial de mensagem do pastor Benjamim Jandt, primeiro conselheiro da LLLB, e que representa para todos os leigos nosso mais ilustre líder, pela sua perseverança e dedicação a pregação de Jesus Cristo a todos e sua sempre atenção ao trabalho leigo na igreja.

A apresentação do Coral Masculino do Seminário Concórdia, numa “cantata” especialmente preparada para este momento e dirigida pelo pastor Raul Blum, certamente um momento que muitos sempre esperam nos nossos congressos, a participação de nosso Seminário.

Estamos programando a apresentação de um vocal misto, oriundo da Congregação de Manoel do Rego, interior de Canguçu. Quando teremos oportunidade de relembrar e entender mais um capítulo da nossa história, da IELB, dos luteranos no Brasil, por ser esta congregação formada em 1927  para missão com os negros, e até hoje se mantém ativa  e de onde procedeu nosso primeiro pastor negro, Rev. João Alves.

Como programação artística ainda teremos o grupo Circense Tholl, originário aqui de Pelotas e conhecido em todo Brasil, com o espetáculo “Imagem e sonho Tholl 15 anos”.

No culto de domingo, estamos esperando um número incalculável de irmãos e irmãs para este momento grandioso de louvor a Deus e testemunho. JUNTOS SOMOS MAIS. Este será um marco de comemoração dos 500 anos de reforma aqui no sul do Rio Grande do Sul.

Junto a estas atividades ainda teremos:

– Museu da Bíblia, museu itinerante da Sociedade Bíblica do Brasil.

– Exposição dos 100 anos do Mensageiro Luterano, nossa revista oficial da Editora Concórdia.

– Exposição da Hora Luterana, 70 anos de atividades no Brasil e 100 anos de fundação nos EUA.

Mais atividades? Certamente existirão, entre elas, nas refeições: comidas típicas, churrasco, carreteiro. Erva mate grátis para o seu chimarrão, a confraternização entre irmãos, entre outras.

Um último recado, sobre os custos do congresso: Queremos convidar a todos para conhecerem a realidade dos eventos da igreja e seus custos, e desafiamos a nos mostrarem, nos custos de nosso congresso, algo exagerado e caro, e lembrando ainda que poderá ser pago parceladamente.

Nós trabalhamos muito para oferecer e estamos conseguindo oferecer um congresso cheio de atrativos e com o menor custo dos últimos tempos. Custos existem? Óbvio, temos despesas, mas pesquisem e comparem com outras atividades, pois com R$ 450,00 um leigo e R$ 700,00 um casal poderá participar do congresso. Se não pelas atividades, somente na matemática dos valores. Não teve evento custo inferior na igreja.

Estamos preparando um congresso, em todos os sentidos, até mesmo econômico, não somente para aqueles que podem, mas para também os que querem. Quem quer constrói alternativas, quem não quer arruma desculpas.

Divulguem, falem com as pessoas, entre em contato conosco, estaremos prontos para vos ajudar. Queremos todos aqui em Pelotas a partir de 17 de agosto.

Pesquisem e estimulem todos a conhecer, através de todas as maneiras possíveis, o que deverá ser nosso congresso. Todas as informações estão no site www.lllb.org.br

Lideranças e pastores, contamos com vocês!

Com a graça de Deus estaremos todos aqui para louvar e agradecer, para confraternizar e comemorar, temos certeza que será único e inesquecível.

Até a próxima, pela Diretoria Nacional da LLLB,

Um abraço,

Samuel Antonio Neugebauer

Presidente da LLLB

 

 

QUINTA CARTA DA PRESIDÊNCIA AOS LEIGOS DA IELB

Queridos irmãos,

Graça e Paz Naquele que sempre foi, é e será Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Na contagem regressiva para o encerramento de nossa gestão que acontecerá no XXII Congresso Nacional da LLLB, o momento nos remete a algumas considerações necessárias a respeito de nosso encontro. Desde que o nosso grupo se propôs a assumir esta gestão, tínhamos como objetivo claro e transparente realizarmos um congresso festivo, pois estaríamos coincidindo com as comemorações dos 500 anos da Reforma Luterana. Juntando isto ao fato da IELB ter iniciado há 117 anos aqui em terras do sul do Brasil, mais especificamente Pelotas, pensamos neste momento como de grande importância.

Nosso encontro nacional e a comemoração “in loco”, isto por si só serve-nos de grande motivação. Comemorar 500 anos de reforma e 117 anos de IELB no local onde esta foi criada, para nós luteranos brasileiros, seria, fazendo-se uma analogia histórica, como poder estar presente em Wittenberg na Alemanha. Não foi sem motivos todos estes acontecimentos. Não podemos esquecer, nem desvalorizar tais acontecimentos e oportunidades. Juntando ainda a tudo isto, estaremos comemorando os 100 anos do Mensageiro Luterano, os 70 da Sociedade Missionária Hora Luterana em terras brasileiras. Estaremos disponibilizando visitação ao Museu da Bíblia, acervo da Sociedade Bíblica do Brasil, que estará exposto a visitação de todos.

Para todos estes acontecimento agregamos um conteúdo bíblico de extrema importância para todo cristão e especial para nós luteranos. Efésios 2 versos de 8 a 10, assim como outros, tem um significado distinto, Justificação e Santificação, dia a dia do povo de Deus. Aceitar e reconhecer o amor Dele através da morte de Seu Filho pelos nossos pecados e nossa resposta a todo este gratuito amor, através de nossa vida santificada, certamente não teríamos melhor tema para meditar, através de duas palestras, com Pastores que poderão fazer-nos pensar muito a respeito. Acho que o momento e o tema se encaixam com grande felicidade. Ainda escutar uma mensagem transmitida pelo nosso primeiro Pastor Conselheiro, pessoa que com suas ações personaliza o trabalho leigo na Igreja e em especial a criação e manutenção deste trabalho através da LLLB, concluirá nossas mensagens/palestras de forma completa.

Tudo isto acima exposto, faz-nos ter a certeza que trilhamos o melhor caminho, que este, guiado por Deus, cumprirá o objetivo do momento. Qualquer outra possibilidade aqui acrescida, porém que descaracterizasse o momento festivo, o local histórico, certamente não se justificaria. Claro que tivemos, e estamos tendo dificuldades maiores em virtude destas decisões, pois Pelotas não possui uma estrutura pronta como em outros locais, estando nós a providenciar, da melhor maneira possível, que todos possam, não só comparecer, mas sentir-se bem em nosso meio, e levar nos corações a lembrança destes poucos dias de convívio.

Juntando história, louvor, testemunho, confraternização desta forma estaremos cumprindo aquilo que é nossa missão como gestores atuais da LLLB. Queremos os irmãos todos aqui e para isto estamos trabalhando, mas entendemos algumas dificuldades, porém o bem maior suplantará com folga os intemperes. Para quem, como nós, quer uma reunião em união, em amor, muito mais importante que algumas dificuldades físicas, estará aqui aproveitando todo o “ingrediente” de nosso Congresso. Descanso e conforto ficam para outros momentos, aqui queremos interação e movimentação, amizade e história, lembranças e saudades. Estamos de braços abertos para receber a todos, certamente com algumas dificuldades e falhas, mas com comprometimento, sabor e amor, Venham conosco desfrutar, pois este momento assim nunca se repetirá, e que ninguém fique de fora.

Até a próxima, pela Diretoria Nacional da LLLB,

Um abraço,

Samuel Antonio Neugebauer

Presidente da LLLB

SEXTA CARTA DA PRESIDÊNCIA AOS LEIGOS DA IELB

 

Queridos irmãos,

Graça e Paz naquele que foi, é e sempre será, Deus Pai, Filho e Espirito Santo.

Seis meses nos separam de nosso XXII Congresso Nacional, talvez o momento mais esperado em cada nova gestão na LLLB, e para tal estamos preparando um grande encontro para todos nós, para a Igreja e um momento muito especial de louvor e testemunho. Quando estiverem lendo esta já estarão abertas as inscrições no site, com todas as informações necessárias para tal. Durante vários meses, e ainda continuaremos até o final do Congresso, programamos este encontro. A escolha da temática do mesmo está relacionado diretamente com nossa condição de Luteranos, quando estamos neste ano comemorando os 500 anos da Reforma Luterana.

Acreditamos ter conseguido um custo, comparado com outros encontros da Igreja, bem acessível, porem conhecemos e também vivemos a crise econômica da atinge o Brasil. Mas acreditamos na mobilização dos leigos e na importância não só de um Congresso Nacional mas em especial deste com todas as comemorações previstas.

Todo preparo foi feito para praticidade das comunicações, inscrições, hospedagem. Sabemos que haverá por parte de algumas pessoas um pouco mais de dificuldades em seguir toda a sequência porém em nada conseguimos diminuir, e muitas das necessidades que enfrentamos são legais, sem elas não poderíamos estabelecer estas condições.

Estamos sempre à disposição para auxiliar, através da secretaria executiva e de toda diretoria, e para orientar naquilo que for possível. Navegando pelo site, acreditamos que todas as informações ali serão encontradas. Um pouco de paciência e curiosidade levarão todos a completarem suas inscrições, e ainda junto terão oportunidade de conhecer um pouco de Pelotas e saber mais sobre o Congresso.

Ao longo das semanas estaremos explicando e comentando cada momento preparado para este Congresso. Queremos dividir com todos, já antes do acontecimento, a satisfação, pois de quinta dia 17, em nosso encontro, até dia 20 domingo, na despedida, o tempo será curto, e logo estaremos sentindo saudades destes momentos.

Esperamos muitos, pois sabemos que todos é impossível, para este Congresso. Mas, queridos irmãos, nossa tarefa, como leigos e como Diretoria Nacional, não se restringe a organizar o Congresso Nacional, vai muito além disto. Continuamos com nossa programação e projetos de sempre e permanentes. Precisamos da permanente mobilização dos leigos no trabalho da Igreja, onde temos nossa participação muito importante, como organização auxiliar, e nossa participação em conselhos e departamentos.

Estamos ainda enfrentando problemas de caixa para cumprir nossos projetos e obrigações frente à Igreja e o Seminário, e aguardando manifestação de todos. Estamos também, em conjunto com as lideranças, conversando sobre o seguimento (tipo, forma e condições) de novos projetos a partir deste Congresso. Precisamos muito de todos, e que nossas lideranças assumam seu papel de protagonistas junto a nossos leigos. Vamos continuar lutando, com as Bênçãos de Deus, porque JUNTOS SOMOS MAIS.

Até a próxima, pela Diretoria Nacional da LLLB,

Um abraço,

Samuel Antonio Neugebauer

Presidente da LLLB

SÉTIMA CARTA DA PRESIDÊNCIA PARA OS LEIGOS DA IELB

Queridos irmãos,

Quando escrevo esta sétima carta, na contagem regressiva, pois estamos mais próximos de nosso XXII CONGRESSO NACIONAL, isto nos satisfaz e isto também nos angustia.

O Congresso está quase pronto, demorou mais do que queríamos porque não terceirizamos nada, tudo está sendo feito por mãos luteranas. Cada detalhe, e estamos nos deparando com nossa situação socioeconômica que afeta o nosso país, mas enfim, estamos tentando trazer todos ao Congresso.

Como já foi notificado, o texto bíblico base será Efésios 2. 8 – 10, quando queremos, ao mesmo tempo, lembrar nosso reformador que nos trouxe a luz da Justificação pela fé, reafirmar a nossa fé nesta doutrina, porém, também queremos fazer-nos lembrar a razão ou para quê sermos gratuitamente justificados e salvos, para a nossa santificação. Estes dois temas serão debatidos em duas palestras sexta e sábado, tendo o pastor Erni Seibert na primeira palestra e o pastor Laerte Tardelli Voss na segunda. Penso que este tema sempre será presente na vida de todos os cristãos, portanto, precisamos sempre lembrar e estudar.

Teremos um momento muito especial, pois convidamos nosso primeiro pastor conselheiro, quando foi fundada a 3LB, pastor Benjamim Jandt, para nos trazer uma mensagem, do alto de sua experiência pastoral e principalmente no trabalho dele com os leigos na igreja. Certamente será de grande ensinamento a todos os presentes.

Estamos trabalhando também na organização da solenidade que será realizada na nossa primeira Congregação Luterana, em Colônia São Pedro, ainda ativa. Nesta queremos oportunizar que os congressistas conheçam este abençoado local, bem com louvar a Deus por estarmos ainda presente onde a IELB teve início. Bem como possibilitar a visitação a casa onde Augusto Gowert morou e recebeu o pastor Broders. Na tarde inversa, será realizado um City Tour na cidade de Pelotas, cidade rica em sua história e arquitetura, com um belo acervo a ser conhecido.

No domingo, teremos um grande culto festivo, alusivo também a Reforma Luterana, este estará sendo divulgado em toda a região sul, convidando toda a igreja a e unir conosco neste dia. Nosso pastor presidente Egon Kopereck, será o pregador deste culto.

Ainda teremos as atividades inerentes aos interesses da 3LB, como a reforma do Estatuto e Regimento, eleições da nova diretoria, que pelo rodízio implementado desde 2007, está sendo organizada no Distrito Vale dos Sinos e adjacências. Outras chapas deverão, se assim desejar, inscrever-se conforme rege nosso estatuto.

Quanto a reforma do estatuto e regimento, solicito aos irmãos que acessem nosso site (www.lllb.org.br ), procurem no Menu ESTATUTO E REGIMENTO, onde terão acesso ao estatuto atual, bem como o que foi revisado e corrigido pela assessoria jurídica da IELB e, da mesma forma o regimento atual e a sugestão de reforma do mesmo. Ressaltamos que qualquer outra moção, que por ventura será encaminhada, ainda seguirá o estatuto e regimento vigente.

Ainda lembramos que é por meio das ofertas dos leigos, ligas e distritos que mantemos nossos compromissos financeiros acertados e outros necessários. Ainda não quitamos a quarta bolsa de estudo ao Seminário Concórdia do ano de 2016. Nem conseguimos efetuar o pagamento da reforma dos apartamentos dos solteiros. Para tanto, estamos convidando os irmãos a seguir o exemplo, dentro das possibilidades de cada um, de sua liga e do seu distrito, a assumirem de forma voluntária o pagamento de um valor mensal. Solicitamos que caso isto ocorra, por favor, entre em contato com a tesouraria e com a secretária executiva para os devidos registros.

Estamos atrasados, mas estamos trabalhando, e principalmente tentando fazer uma forma que possamos oportunizar o maior número de congressistas.

Com, por e em Cristo, JUNTO SOMOS MAIS, e estaremos testemunhando esta fé em conjunto em nosso Congresso Nacional.

Um abraço,

Samuel Antonio Neugebauer

Presidente da LLLB

OITAVA CARTA DA PRESIDÊNCIA PARA OS LEIGOS LUTERANOS

Queridos irmãos,

Nesta oitava carta, ou seja, em contagem regressiva, faltam sete para nosso Congresso Nacional, queria conversar com todos sobre : Natal – Ano Novo – 2017. O Ano Eclesiástico já começou, o Ano Civil não. Entre estes temos o Natal. Para mim é aqui de começa o Ano, pois começa, se materializa nossa esperança na promessa de Deus de mandar um Salvador, o nascimento de Jesus, lá em Belém, naquela simples e humilde manjedoura. Começa aqui nosso Ano Novo, identificado com aquela criança, nossa esperança. Daí em diante, no nosso ano, acontecem muitas coisas em nosso Brasil do hemisfério Sul – verão, maior parte das férias, … até que chega a Semana Santa – Domingo da Páscoa. E aí parece que se consuma nosso ano (alguns chegam a dizer que o ano começa depois do feriadão da Páscoa) na tumba vazia do terceiro dia, após toda sorte de sofrimentos e humilhações e morte na cruz, pelos nossos pecados. Este período de Natal até a Páscoa, tem todo o resumo de nossa história de esperança. É um resumido ano, pois até o próximo Natal, passamos por Pentecostes. Neste pequeno ano cruzamos toda a história cristã. O Nascimento, a alegria, a esperança até Seu Ministério e depois Paixão e Morte, cumprindo em nosso lugar o pagamento de nossas dívidas.

Este pequeno e curto Ano nos apresenta a Justificação da humanidade, gratuita, para aqueles que creem. Jesus nascendo, pregando e no final morrendo por todos nós. Presente maior não há, Amor maior não há, e este pequeno e curto Ano nos mostra. Salvos pelo sofrimento de Cristo, pelo Amor de Deus. Justificados por Jesus, Salvos por Jesus, pelo seu sofrimento e morte, de graça e por fé. É, talvez, o outro espaço do ano eclesiástico ou mesmo civil, mais longo, com organizações específicas das liturgias da Igreja, e para nós brasileiros, um período de trabalho, estudo, aulas, poucas folgas e necessidade de muitas atividades. Quem sabe neste período, pelo Amor que Deus teve e demonstrou por nós, agora nós possamos fazer aquela obra para a qual Ele nos preparou e quer de nós, não como contrapartida, mas como resposta em ação ao Amor Dele?!  Justificação e Santificação. Todos os dias, todo o ano, seja civil ou eclesiástico, somos Justificados e precisamos por isto viver de forma Santificada. Simbolismos e reflexões, tudo deve nos levar a humildemente pedir perdão pelos nossos pecados e a falta de vida Santificada, e pedir ajuda Dele para conseguirmos aquilo que Ele espera de cada um de seus filhos.

E nós LEIGOS, também estamos inseridos nestas situações todas, como humanos, como filhos de Deus, como pecadores. Quem sabe neste pequeno Ano, que vai do Natal até a Páscoa, podemos concentrarmo-nos para avaliar nosso comprometimento com a missão dada a nós por Deus e a forma que podemos cumpri-la, o CRISTO PARA TODOS. Da alegria do Natal, do ministério de Jesus até Sua morte de cruz por todos nós, precisamos usar este Evangelho para reflexões sobre nossa resposta a este Amor. Deus não precisa de nós, mas nós somos totalmente dependentes Dele, e a forma de demonstrar e agradecer a Ele é trabalhar pelo Seu Reino, com uma vida Santificada.

Comunhão, Compromisso, Comprometimento. Vida de cristão é dinâmica e de respostas, vamos nos concentrar nestas necessidades. Nós, Leigos da IELB, e em especial aqueles que se organizaram numa Liga Congregacional, vamos refletir nossa participação na missão da Igreja,  CRISTO PARA TODOS, e para isto precisamos comprometimento, e isto, sem dúvida, Deus já  nos ensinou, JUNTOS SOMOS MAIS, e certamente isto é agradável a Deus.

Aproveitemos este período do ano que nos convida a uma reflexão, de forma isolada bem como em grupo, na sua família, na sua liga, na sua congregação. Vamos agir pois ação caracteriza pessoas de comprometimento e esta certamente é a característica dos LEIGOS DA IELB.

Vamos abraçar o serviço do Reino, não porque Ele precisa de nós, mas porque nós precisamos Dele. Não para termos créditos por nossos méritos, mas para agradecer o que Ele fez primeiro por nós.

Desejamos, nós Diretoria Nacional da LLLB, a todos um Feliz Natal de Jesus e que 2017, ano tão significativo para nós Luteranos, sejamos sempre servos fiéis e ativos na Sua causa.

Pela Diretoria Nacional, Samuel Neugebauer – Presidente

presidência@lllb.org.br

samuel.lllb@yahoo.com.br

NONA CARTA DA PRESIDÊNCIA PARA OS LEIGOS LUTERANOS

NONA CARTA DA PRESIDÊNCIA PARA OS LEIGOS LUTERANOS

 

Olá irmãos em Cristo,

Esta já é a nona carta que escrevo para todos, na condição de Presidente da nossa Liga de Leigos Luteranos do Brasil. Nona, na contagem regressiva que começamos na décima segunda, portanto outras oito existirão até que termine nossa gestão, no XXII Congresso Nacional em agosto de 2017.

Da importância do trabalho e participação dos leigos no serviço da Igreja de Deus, e de forma direta na IELB, não precisamos mais aqui escrever. Vale lembrar o que o Pastor Leopoldo Heimann em seu livro “Os Leigos da minha igreja”, destaca e aponta, que os Leigos são o “braço forte da Igreja”.

Sobre a necessidade de organização destes leigos para que o trabalho seja produtivo e organizado, isto já vem sendo desde 1948 quando da fundação da primeira Liga de Leigos na Congregação São Paulo de Novo Hamburgo/RS, com a organização nacional a partir de 1971 e hoje somos 147 ligas congregacionais, organizadas em distritos e unidas nacionalmente pela Liga Nacional (3LB).

Mas hoje quero conversar com cada um individualmente, e mostrar, através de uma repetição aquilo que o Pastor Benjamin Jandt, nosso primeiro Pastor Conselheiro, nos apresentou no Encontro Nacional de Lideranças Leigos em setembro/2016, sobre a necessidade de termos PROJETOS. Projetos como forma de organizar, estimular, comungar, unir e produzir para o Reino de Deus.

Voltarmos a lembrança de projetos desenvolvidos por leigos ao longo da história da humanidade, como o de Neemias, no Antigo Testamento, cujo resultado foi o reerguimento dos muros da cidade de Jerusalém. Não somente como a realização de algo bom e necessário, mas como exemplo de FOCO naquilo que Deus lhe permitiu realizar. Todos sabemos da história, relembrada pelo Pastor Clóvis Blank, também no nosso ENLL, e de como as coisas aconteceram, e só aconteceram porque tinha FOCO e as bênçãos de Deus. Ninguém acreditava, mas Neemias, junto com outros homens, levou o projeto a cabo e realizou tamanha obra.

Lembrar no Novo Testamento quando os discípulos chamaram leigos para o trabalho, não somente para ouvirem a Palavra de Deus, mas para participar das atividades, em Atos 6 e outras inúmeras passagens descritas na Bíblia Sagrada, em que projetos foram elaborados e executados na Igreja.

Lembrar dos irmãos leigos americanos, que vendo sua Igreja, LCMS, com sérios problemas, projetaram e executaram sua recuperação, e dentro deste resultado surgiu a IELB anos depois, como fruto do projeto de recuperação e cumprimento da missão da Igreja (Cristo para todos). E que, a partir deste projeto, levaram o Presidente da IELB da época, a intimar os leigos a se organizarem num trabalho nacional aqui no Brasil.

Desde então, a partir de 1971, vemos a LLLB prosperando e trabalhando como um braço auxiliar da IELB, apartir de inúmeros projetos. E isto precisamos manter, aperfeiçoar e multiplicar.

PROJETO, temos o nosso, da LLLB, dos leigos. Um projeto permanente FORMAÇÃO DE PASTORES. Que pode ser executado de várias formas e em muitas vertentes. Construímos apartamentos, repassamos valores na forma de bolsas de estudo ao nosso Seminário, e outros inúmeros que existem e são executados em todo o Brasil, por muitos leigos e ligas.

HOJE, quando esta gestão já se encaminha para o final, estamos mantendo este projeto, e recebemos em execução, a reforma dos apartamentos dos solteiros. A obra já foi executada, porém ainda resta um valor que devemos repassar, como nosso compromisso assumido lá em Marechal Cândido Rondon em 2013 no Congresso Nacional. Então, nós da atual gestão, estamos remodelando o orçamento da LLLB até o XXII Congresso Nacional de Agosto de 2017, para que este projeto financeiro seja concluído até lá. Para isto, e também cumprir nosso planejamento, NOSSO, dos leigos todos, e entregar para a próxima diretoria, todas os compromissos saldados (bolsas de estudo, …) já daquele ano, precisamos de, em 9 meses, contando de dezembro 2016 a agosto de 2017, arrecadar R$ 160.000,00. Como faremos isto???  Certamente através de nossas ofertas. Já foram utilizadas uma forma de cotas, e assim poderá ser feito, porém não de forma parcelada, não há tempo ou condições de assim procedermos.

Sobre nossas ofertas, neste período, desde agosto de 2015, está publicado no nosso site, ao acesso de qualquer leigo. Basta entrar no site www.lllb.org.br/organograma/distrito, e ali encontrarão todos os distritos, conforme organização da IELB. Clicando sobre o nome do Distrito, aparecerá uma tela com a Diretoria Distrital e todas as Ligas filiadas e junto todas as ofertas neste período. Se assim procederem, verão que está muito aquém do necessário, portanto peço a todos que detém cargos de diretorias em ligas e distritos e outras lideranças, que apresentem nas suas reuniões, tanto estas informações de sua liga, quanto esta carta, e incentivem os leigos a participar deste trabalho, para que juntos possamos cumprir os nossos, de todos os leigos, compromissos.

Precisamos também começar a pensar a próxima gestão, e o que queremos e como executar nossos projetos, pois sem eles não há desenvolvimento e trabalho produtivo.

Aguardo, da parte de todos os leigos, as manifestações, opiniões e a maneira de cumprirmos estes compromissos até o XXII Congresso Nacional.  Fazer parte da obra do Reino de Deus é um grande privilégio. Saber que eu fiz parte de algo que vai ser para que outras pessoas conheçam a Cristo é maravilhoso. Quero te desafiar querido amigo leigo a fazer parte desta obra, pois “JUNTOS SOMOS MAIS”.

 Que Deus continue nos abençoando ricamente e até a OITAVA CARTA.

Pela Diretoria Nacional, Samuel Neugebauer – Presidente

presidência@lllb.org.br

samuel.lllb@yahoo.com.br

Ou qualquer outra forma de contato