Arquivo da categoria: Palavra dos Leigos

ATENDIMENTO: Seu Cliente é Seu Fã?

“O cliente tem que ser o seu vendedor Nº 1. E ele não te cobra nem a comissão”.
* Gilclér Regina

Eu estava numa cidade do interior de Goiás onde faria uma palestra à noite quando alguém me fez essa colocação: “Por que meu concorrente ao lado vende mais”? Sua loja fica no mesmo quarteirão do meu, trabalha com o mesmo tipo de produto que eu vendo, seus preços são praticamente iguais, acho até que a minha loja tem uma aparência melhor… Por que essa loja vende mais que a minha? Eu não entendo!
cliente_fan

Fui ver a tal loja que vende mais… Realmente tudo o que ele tinha relatado era verdade, esquecendo-se apenas de um detalhe! Naquela loja o atendimento é espetacular. Notei um brilho diferente nos olhos das pessoas…

Um ambiente de alegria, de entusiasmo, um bom humor explícito no ar, um clima mágico e eu que acabei entrando só para dar uma olhada… Acabei fazendo uma pequena compra.

Muitos lojistas não percebem que o atendimento de sua loja é apático, frio, com pessoas aparentemente descompromissadas, sem nenhuma vontade…

Não basta ter um bom ponto comercial, uma loja vistosa, variedade de produtos, conforto se não houver esse complemento que faz toda a diferença: Atendimento com amor, isto é, vendedores que atuam por pura paixão e sabem que dinheiro é apenas conseqüência de um bom trabalho…

Esse é um erro muito comum em vendas… Empresários investem uma fortuna em aparência, tecnologia, publicidade e deixam para trás o mais importante, vendedores que se fossem treinados e motivados fariam toda diferença.

O que é preciso fazer para incendiar seus resultados? Eis alguns conceitos: Colocar-se no lugar do cliente: Sinta o ambiente, perceba as prateleiras e gôndolas, as promoções, a limpeza, a fachada, a iluminação, a organização, a alegria, o humor da equipe, todos os detalhes que ajudam ou atrapalham as vendas.

Olhar no olho dos atendentes e ver se estão trabalhando com alegria, vontade e entusiasmo a ponto de contagiar os clientes. Este é um fator decisivo nas vendas.

Treinar, treinar, treinar… Realize treinamentos que tratem da motivação, que simulem a venda, a assistência, o pós venda, explicações sobre o produto, sobre a logística, entrega, etc… Se não for convincente não trabalha enquanto não estiver preparado.

Criar o seu diferencial: O cliente tem que ser o seu vendedor Nº 1 e ainda não te cobra nem a comissão. Se o seu cliente é seu fã ou mesmo fã de sua empresa, o sucesso já está no cofre… Mas para mantê-lo assim, é preciso oferecer sempre mais: O cafezinho quentinho, quem sabe um bombom, um desconto especial já ofertado para a próxima compra, um agrado para as crianças e tantas coisas a pensar…

Faça o teste e terá absoluta certeza num curto espaço de tempo esse marketing boca-a-boca fará a diferença, irá incendiar suas vendas e triplicar o seu faturamento.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

* Gilclér Regina, palestrante de sucesso, escritor com vários livros, CDs e DVDs motivacionais que já venderam mais de cinco milhões de exemplares. Clientes como General Motors, Basf, Bayer, SEBRAE, Caixa, Banco do Brasil compram suas palestras. Mais de 2000 palestras realizadas no país e exterior

Superar Limites!

Uma frase do Ministro britânico Winston Churchill sempre me chamou a atenção sobre limites: “O mundo estaria arruinado se cada um somente cumprisse com a sua parte”.

O que dizer da persistência de Thomas Alva Edison que fez 1043 tentativas até concluir sua grande invenção, a lâmpada elétrica? O mesmo Edison catalogou 1903 inventos que passaram de produtos elétricos que originaram os eletrônicos e digitais de hoje até produtos da área de mineração.

No esporte nós nos acostumamos com a quebra de recordes. Será que nos acostumamos mesmo? São poucos os que acreditam e é por essa razão que o pódio é para poucos mesmo. E sempre vai ser assim, recordes serão quebrados nos jogos olímpicos e mundiais.

O ser humano acredita que é sempre possível superar seus limites, ser mais veloz ou pular mais alto. Na vida também é assim, precisamos acreditar em nossa capacidade de superação.

Se a palavra certa é SUSTENTABILIDADE, há quem diga que daqui a 40 anos estaremos rindo sobre combustíveis fósseis, especialmente os derivados do petróleo. Carro movido à gasolina? Ainda vamos rir disso!

A questão principal é: Toda mudança gera resistência. Um recorde quando quebrado, junto com ele “quebra” também o paradigma. O velho cai por terra, o novo vai para o pódio.

É igual o dinheiro… Nunca acaba, apenas muda de mão! O dinheiro vai migrar para aqueles que superam suas vontades, seus pensamentos, suas ações… São chamados de “vanguarda”, isto é, correm na frente para superar seus próprios limites.

Os próximos cinco anos vão trazer mais mudanças que os últimos 30. E considere que os últimos 30 anos trouxeram mais mudanças que um milênio inteiro.

Precisamos viajar e não ficarmos acomodados com a paisagem… Mais do que compreender o próprio trabalho, o cliente, é necessário recuperar a paixão que havia quando se iniciou o negócio.

É mais fácil chegar ao topo do que manter-se nele. A arrogância do líder é perigosa.

Hoje os preços são iguais e a qualidade é a mesma. Como o cliente tem mais opções, a diferença não está no conteúdo e, sim, em como a marca é percebida pelo mercado.

É nesse momento que superar os seus limites fará toda a diferença. É aí que se inicia a construção do sucesso!

Superar limites? Sim! Novos produtos, novo atendimento, nova logística, nova performance da equipe, novas metas, “novo tudo”, motivação renovada para correr e fazer a equipe correr.

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Quem vence no não pergunta, apenas surpreende.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

 * Gilclér Regina, palestrante de sucesso, escritor com vários livros, CDs e DVDs motivacionais que já venderam mais de cinco milhões de exemplares. Clientes como General Motors, Basf, Bayer, SEBRAE, Caixa, Banco do Brasil compram suas palestras. Mais de 2000 palestras realizadas no país e exterior

Analfabeto do Milênio

“O passado não leva ninguém a lugar nenhum. Não adianta ficar lamentando ‘se tivesse’ ou ‘se não tivesse’. O êxito é construir o futuro a partir de agora”.
* Gilclér Regina

O guru americano Alvin Tofler disse que o novo analfabeto deste milênio não será o que não souber ler e escrever, mas o que não conseguir aprender, desaprender e reaprender.

Os caminhos do mundo são de uma rapidez absurda e os índices de obsolescência são gigantescos. A única forma de encontrarmos espaço no futuro é nos prepararmos desde agora. Não haverá opções para desculpas. No futuro só existirão dois tipos de empresas: as rápidas e as mortas.

Aprendemos que não é o maior que irá vencer o menor e sim o mais rápido que irá engolir o mais lento. Hoje até penso diferente: A vitória não é dos mais rápidos, é dos que acreditam.

Existem três tipos de pessoas: 1. As que não sabem e não perguntam. 2. As que sabem e não ensinam e 3. As que ensinam e não fazem.

Acredito que o sucesso é de quem faz. Ninguém tem o direito de ensinar aquilo que não sabe fazer. Está lá no meu livro “Você pode mudar sua vida” Editora Ideia.

Viver é acreditar no impossível. Lembro aqui aquela frase: “Ele não sabia que era impossível, foi lá e fez”. Antes de Santos Dumont, ninguém achava possível fazer voar um aparelho mais pesado que o ar. Até que ele acreditou e, com determinação, criou o primeiro avião.

Winston Churchill disse certa vez: “O mundo estaria arruinado se cada um cumprisse a sua parte”. Temos que ir além da meta e não podemos ter medo de crescer, de vencer, afinal o que pode estar em jogo é a nossa própria felicidade.

Todo milagre é possível desde que encontre alguém disposto a realizá-lo. Não podemos ter memória curta e visão fechada para as realizações da vida. Se você sabe e não faz, teria sido melhor que não soubesse.

Sábio é o ser humano que conhece alguma coisa sobre tudo e tudo sobre alguma coisa. O mais sábio é aquele que estuda como se fosse viver eternamente e vive como se fosse morrer amanhã.

Há mais de dois mil anos o pensador romano Lucius Annaeus Sêneca disse: “Se o homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável”.

Para que a vida tenha rumo é essencial ter objetivos. As pessoas que não sabem o que querem passam a vida queixando-se de não obterem nada, não têm planos, estão à mercê de ventos errantes.

Os prêmios mais ambicionados que a vida pode oferecer estão nas mãos daqueles que acreditam, isto é, tem fé, sonham, planejam e agem. Sim, pessoas de atitude!

As sobras só ficam para quem não têm sonhos. Uma pessoa que não tem um ideal nem um guindaste a tira de manhã cedo da cama para dar sentido em sua vida.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

* Gilclér Regina, palestrante de sucesso, escritor com vários livros, CDs e DVDs motivacionais que já venderam mais de cinco milhões de exemplares. Clientes como General Motors, Basf, Bayer, SEBRAE, Caixa, Banco do Brasil compram suas palestras. Mais de 2000 palestras realizadas no país e exterior